quinta-feira, 14 de abril de 2011



Não vive em mim meu viver,
e em tão alta vida espero
que morro de não morrer...

(Teresa D'Ávila)