quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Teresa d´Ávila


Impossível não sentir admiração pela importante obra literária e a sinceridade de sentimentos da primeira mulher a ser considerada doutora pelo catolicismo romano. Em tempos marcados por considerável preconceito imposto às mulheres e perseguições inquisitoriais a tantos quantos ousassem pensar livremente e falar com Deus sem os pretensos intermediários, Teresa desafiou autoridades, contornou obstáculos, renunciou aos prazeres da matéria, assumiu suas capacidades mediúnicas e legou ao mundo o conhecimento que a vivência da fé verdadeira pode nos trazer.

Resumindo em uma única palavra o seu ministério no seio das irmãs carmelitas, é o AMOR que reina soberano, convidando-nos a todos para que também sejamos seguidores Daquele que o expressou na mais pura e sublime versão, Jesus.

Para quem desejar conhecer o livro vivo de uma grande Alma, através das experiências decorridas desde a sua infância, sugiro o livro "Teresa, a Santa apaixonada", autoria de Rosa Amanda Strausz, baseado na sua auto-biografia "Minha Vida".

Excelente leitura a todos!


segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Bolo de banana com geléia de marmelo



6 Bananas médias
Suco de limão
230g de Manteiga em temperatura ambiente
250g de Açúcar
4 Ovos
50ml de licor Moscatel
250g de Farinha de trigo
1 colher de chá de Fermento em pó
Geléia de marmelo


"Unte uma forma redonda com manteiga e forre o fundo com papel manteiga. Unte novamente por cima do papel manteiga e finalize com farinha. Prepare as bananas cortando-as ao longo do comprimento. Num prato, regue-as com o suco de limão para evitar o escurecimento. Posicione-as no fundo da forma com a parte cortada para baixo. Para o preparo da massa, inicie batendo o açúcar e os ovos. Em seguida, acrescente o moscatel e a farinha de trigo, misturando bem. Por último, junte o fermento, sem bater. Asse em forno pré-aquecido, moderado, a 180ºC, por aproximadamente 50 minutos. Aguarde um resfriamento ligeiro para desenformar. Derreta a geléia de marmelo e distribua uniformemente sobre o bolo."

domingo, 19 de dezembro de 2010

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Ricette



Esta etiqueta inaugura uma nova fase do blog, onde virei compartilhar com vocês as minhas receitas preferidas e também aquelas aprovadas por toda a família e amigos.


Desde pequenina que perambulo pela cozinha em busca de algo doce para comer, que incomodo minha mami atrás da melhor receita de brigadeiros ou cajuzinhos e sento-me admirando minha avózinha a contar suas histórias - como a do médico, que numa visita comeu praticamente todo o bolo que ela fizera para o jantar dos felizardos habitantes da casa.

Espero sinceramente que aproveitem as sugestões que farei com muita alegria, uma vez que a culinária representa uma das minhas atividades favoritas. Desejo também que escrevam sobre as experiências obtidas, que deixem opiniões e divulguem as suas próprias "ricette".


Em tempo: prometo ir além do chocolate, sem esquecê-lo, é claro!


Buon appetito a tutti!

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Oração Celta





ORAÇÃO CELTA


Que jamais, em tempo algum, o teu coração acalente ódio.

Que o canto da maturidade jamais asfixie a tua criança interior.

Que o teu sorriso seja sempre verdadeiro.

Que as perdas do teu caminho sejam sempre encaradas como lições de vida.

Que a música seja tua companheira de momentos secretos contigo mesmo.

Que os teus momentos de amor contenham a magia de tua alma eterna em cada beijo.

Que os teus olhos sejam dois sóis olhando a luz da vida em cada amanhecer.

Que cada dia seja um novo recomeço, onde tua alma dance na luz.

Que em cada passo teu fiquem marcas luminosas de tua passagem em cada coração.

Que em cada amigo o teu coração faça festa, que celebre o canto da amizade profunda que liga as almas afins.

Que em teus momentos de solidão e cansaço, esteja sempre presente em teu coração a lembrança de que tudo passa e se transforma, quando a alma é grande e generosa.

Que o teu coração voe contente nas asas da espiritualidade consciente, para que tu percebas a ternura invisível, tocando o centro do teu ser eterno.

Que um suave acalanto te acompanhe, na terra ou no espaço, e por onde quer que o imanente invisível leve o teu viver.

Que o teu coração sinta a presença secreta do inefável!

Que os teus pensamentos e os teus amores, o teu viver e atua passagem pela vida, sejam sempre abençoados por aquele amor que ama sem nome.

Aquele amor que não se explica, só se sente.

Que esse amor seja o teu acalanto secreto, viajando eternamente no centro do teu ser.

Que este amor transforme os teus dramas em luz, a tua tristeza em celebração, e os teus passos cansados em alegres passos de dança renovadora.

Que jamais, em tempo algum, tu esqueças da Presença que está em ti e em todos os seres.

Que o teu viver seja pleno de Paz e Luz!

sexta-feira, 30 de abril de 2010

sexta-feira, 5 de março de 2010

Lembranças



Passeio na praia

adorado pai

reencontros de saudade

lembranças doces da infância

tonalidade azul clarinha

quase celeste

casinhas coloridas

cores de algodão doce

janelas de madeira branca

sustadas de encanto

mãos dadas em segurança

cachos ao vento

nuvens de algodão

rendas brancas, claras

miúdas, cuidadosas

bonecas de pano

artesanato

vestido branco

sandálias de corda

céu de verão

vento morno

não o nordeste típico

daquelas plagas

mas a brisa suave

trazendo talvez a tempestade

de verão


dos finais de tarde


tão...

trovoadas densas

dentro do peito

perfume de terra pelo chão

chuva deslizando pela janela

raios no horizonte

brilha meu coração

pela ternura incontida

do afeto de mãe

na morada acolhedora

quão doce visão

...

(MPV)