sábado, 22 de setembro de 2007

Velha Infância


Você é assim,
Um sonho pra mim,
E quando eu não te vejo.
Eu penso em você,
Desde o amanhecer,
Até quando eu me deito.

Eu gosto de você.
E gosto de ficar com você.
Meu riso é tão feliz contigo.
O meu melhor amigo é o meu amor.

E a gente canta,
E a gente dança
E a gente não se cansa.
De ser criança,
A gente brinca,
Na nossa velha infância.

Seus olhos meu clarão.
Me guiam dentro da escuridão.
Seus pés me abrem o caminho.
Eu sigo e nunca me sinto só.

Você é assim,
Um sonho pra mim,
Quero te encher de beijos.
Eu penso em você,
Desde o amanhecer,
Até quando eu me deito.

Eu gosto de você,
E gosto de ficar com você.
Meu riso é tão feliz contigo.
O meu melhor amigo é o meu amor.

E a gente canta,
E a gente dançar,
E a gente não se cansa.
De ser criança,
A gente brinca
Na nossa velha infância.

Seus olhos meu clarão,
Me guiam dentro da escuridão.
Seus pés me abrem um caminho.
Eu sigo e nunca me sinto só.

Você é assim, um sonho pra mim, você é assim.
Você é assim, um sonho pra mim, você é assim.


(Marisa Monte)



9 comentários:

Orfeu disse...

Eu gosto de você,
E gosto de ficar com você.
Meu riso é tão feliz contigo...

Igual, ou tanto e mais, querida!
Té já... :)

Angélica disse...

Saudade do teu riso feliz... :)

Eu mais ;)

Té já, amore mio!

Ana disse...

Eu fico deliciada com voces dois!!

Oh, inveja BOA!
=D

Angélica disse...

E eu com as conversas de vcs dois... hihihi

Que inveja, que nada... ;)

Beijinhos, querida!!!

Orfeu disse...

Inveja sim, Aninha, e hás de ter um amor assim tao pleno e feliz em breve, que tb mereces, nao desistas de acreditar :)

Angelica querida, não contraries a voz da verdade, materializada na nossa Plim! :)

Angélica disse...

Queria Plim!

O amor nos encontra quando menos esperamos por ele... quando não há programação em vista, no momento em que tudo parece calmo e controlado... e então... hihihi

Sei que concordarás comigo, meu querido ;)

Beijinhos muito carinhosos aos dois :)

Ana disse...

Meus queridos, sabem aquele cliché que diz: "É preciso te amares primeiro para depois amares alguém"?

Pois é, esse cliché encaixa muito bem nesta fase da minha vida. Quando o coração estiver pronto (de novo), eu saberei. Ele mesmo se encarregará de me avisar.

E se ainda não foi... É porque não tinha que ser. E eu continuo à espera. Com a tranquilidade de quem é feliz, porque sabe que merece tudo e o tudo virá no seu devido tempo.

É assim que tem de ser.

Enviei um e-mail para o Orfeu, mas é igualmente para ti Angélica ;)

Um beijo enorme!!

Angélica disse...

Nossa querida Plim :)

Felicidade é o que sinto ao ler tuas palavras, cheias de confiança e paz!

Se o momento é difícil, tanto maior o mérito em superá-lo e acho que o fazes com muita sabedoria partindo de princípio de te amares em primeiro lugar.

Depois de conquistarmos o respeito por nós mesmas, caminhamos mais seguras em direção ao amor, tornamo-nos capazes de doar a alguém especial, tudo o que trazemos de especial na alma :)

Ai, terei que esperar até amanhã para saber do e-mail... hihi

ps. ficamos preocupados com a menina Plim! ;)

Beijos com muito carinho!!

Orfeu disse...

P´lo teu teclado, que palavras expressarão
Minha felicidade por estarmos enfim juntos,
Por caminhar para sempre te segurando a mão,
Por ser este amor o nosso abençoado pão?

Hoje e sempre, firma teu olhar, tua fé em mim,
E guardarei-me ao alcance do teu meigo abraço!
Neste dia e sempre, amore mio p´ra quem vim
De longe, na distância do tempo, passo a passo,

Sonhar acordado, sorrir e viver ao teu lado,
Ser teu par e teu lar, teu mar e tua laguna,
E construir, alicerçando contigo o destino sonhado,

Em que cada dia é de retribuir, grato à vida,
E cada noite é de sereno luar, aos filhos legando
O exemplo do coração, a magna e vera cartilha...

DV - Laguna, SC, 16/10/2007


(( Eu amo tu, e mais! :-D ))